quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Post novo


Novidade. Como chegar até ela, e mais, como oferecê-la ao mundo, se tudo não passa de repetição, de mimetismo, do ontem vestido de hoje? Como prender a atenção de alguém, quando tudo a sua volta lhe soa mais importante, sugando as suas intenções como o olho de um furacão de pensamentos, imagens e sentimentos? Como agradar a um público feito de vários, a pessoas híbridas, multi, muitas em uma só?

Em todo canto, a sedução do consumo. Em cada palavra, um interesse. Em cada olhar, mil sentidos. O mundo se transforma em um bosque labiríntico, um grande enigma, onde o fácil engana, e não conhecemos tão bem aquilo em que acreditamos. Nesse planeta, desenhado pela comunicação rápida e forjada, o que convence não precisa ser o conteúdo. Basta uma roupa nova e confortável aos olhos e à mente.

É isso que as palavras fazem com a vida. Vestem o banal de ineditismo, capricham nos adereços e entregam à sociedade o que ela já tem, mas com um brilho diferente nos olhos, um cheiro de carro novo. E são incontáveis as maneiras de mostrar ao mundo o que ele sempre foi. Sim, ainda é possível surpreender.

Livros de papel e de LCD, textos dedilhados ou compartilhados, os mesmos tijolos e o mesmo concreto. Matéria-prima universal a serviço da criação do arquiteto, da intuição do engenheiro de palavras, construindo boa leitura e novas variáveis de sentidos. Um tema, mil interpretações. Se nada é novo, nem as estatísticas, nos vale mais acreditar nos escritos como sopros de invento que ainda teimam em existir. Graças a Deus.

Existe a vontade de mudar, o desejo, a refazenda diária de conceitos e expressões, os sentimentos caprichosos de vida e morte, de bem e de mal, de tudo e de nada. O tempo favorece a nova roupagem, o tempo pede novidade. Se a lista de assuntos é finita, que a criatividade não seja jamais.


_______
O Etc, que hoje completa 3 ANOS no ar, sempre fez questão de fazer do velho mundo novo uma grande descoberta. A cada novo texto, a busca pela reação diferente, pela satisfação após a leitura, pelo querer mais. Sempre foi assim, em cada um dos 256 posts novos desse blog. E, com esse post, um agradecimento a todos os leitores, seguidores e/ou amigos que me apóiam e me estimulam a seguir escrevendo. 

E continuar a reescrever o mundo, reescrever ideias, renovar. Além do texto, fiz um vídeo que, simples, tenta mostrar que a construção de um texto nada mais é uma procura por ideias, palavras em cada música, em cada imagem, e assim fazer nascer um novo conjunto. Mais do que isso, o vídeo é mais uma maneira de agradecer a você, que passa por aqui. Meu melhor “obrigado” é continuar.  


IMAGEM: http://adivertido.com/wp-content/uploads/2010/04/3anos.jpg



2 comentários:

Thaís disse...

Parabéns por mais um ano do Etc. Que venham os próximos anos e que você nunca, N-U-N-C-A nos deixe sem as suas palavras.

Anne Beatriz disse...

É muito lindo quando nossos filhotes fazer aniversário. O meu fez 4 anos no começo do mês, que neném :)

Parabéns e vida longa!