domingo, 31 de outubro de 2010

Meus pedidos

Belém, 31 de outubro de 2010.
Excelentíssima Senhora Presidente da República,
Como a nossa, agora sim, Presidente da República Federativa do Brasil, V. Exª terá nas mãos um dos países mais promissores do planeta. Nunca fomos tão queridos, tão desejados, tão respeitados. A senhora deve saber disso muito bem, afinal, esteve presente diretamente nos oito anos que valeram por mais que 50. Querendo ou não, o seu antecessor fez o nosso país subir vários degraus. Por linhas retas, tortas, curvas, isso agora tanto faz. O que realmente importa é que, daqui a dois meses, 190 milhões de vidas dependerão, direta ou indiretamente, da sua vida. Das suas decisões. Da sua consciência.
Nunca fui e nem pretendo, no auge da minha ideologia, chegar onde V. Exª chegou nesse domingo, mas posso imaginar o quão complexa será a sua tarefa. Sei que ter nas mãos um continente, em dimensões e em diferenças, não é simples. Governar um país como o nosso merece a dedicação de uma vida, e espero que V. Exª tenha em mente, exatamente, a noção do que isso queira dizer. Somos um país rico, em dinheiro, em bens naturais, em força de trabalho. Em sua campanha, várias foram as promessas. Peço simplesmente fidelidade. Aos seus projetos, ao seu país.
Pré-sal. Sem dúvidas a nossa menina dos olhos pelos próximos anos. Está em suas mãos. Por favor, faça o máximo para mantê-lo em suas mãos, e cuidado com os urubus que insistem em cercar o nosso banquete. E são muitos, todos nós sabemos disso, e V. Exª mais do que ninguém. Somos um país que ainda sofre com uma violência que pede cada vez menos passagem, e faz vítimas inocentes, diariamente. Nossa saúde tem carências, nosso povo ainda e carente. Carente de saneamento básico, carente de água boa e comida no prato todo dia, carente de realizações. A pobreza ainda é grande, o analfabetismo também. E ainda não perdemos a mania feia de buscar sempre o lucro pessoal, em detrimento dos interesses públicos.
Somos público, que assiste conformadamente inconformado, a sucessivos eventos de corrupção que mancham a nossa imagem, que já é tão arranhada. Então, V. Exª, que foi protagonista de mais um desses escândalos recentes, faça valer a nossa esperança e seja o cursor dessa trajetória. Esses não são os pedidos de um simples blogueiro. Esses são pedidos de um jovem, morador de uma cidade problemática, com idade, cultura e conhecimento suficientes para perceber o que de bom e o que de ruim aconteceu nesses últimos anos, e para buscar soluções. São os pedidos de eleitores esperançosos, que votaram ou não em V. Exª, mas que, acima de qualquer bandeira monocromática, ostentam um lábaro estrelado, que vale bem mais do que qualquer cor.
A primeira mulher Presidente da República, V. Exª é a primeira a ter essa honra. Logo as mulheres, que tanto sofrem por discriminação no mercado de trabalho, alcançam, pela sua pessoa, o mais alto cargo que alguém pode ocupar no Brasil. Desejo que, no mínimo, a senhora represente com honradez e com respeito todas as mulheres desse país. E peço, V. Exª, que a senhora tenha decência, competência, inteligência e, mais do que tudo, CONSCIÊNCIA. Consciência de que agora não é um ministério que está sob seu comando. É algo maior do que a Casa Civil. São as casas de milhões de brasileiros, que só querem ser felizes, que só querem um Brasil melhor. Que só querem viver em paz. Eu quero. E muito dessa paz que eu e todos nós tanto queremos, depende de V. Exª.
Com esperança,
Luiz Gustavo Dias Ferreira, um brasileiro.


Um comentário:

Descanso da Alma disse...

Tiriricas à parte, ainda há esperanças para ainda vermos um Brasil melhor, mais otimista de si mesmo e que cresceu não pisando na ferida dos mais pobres, mas calçando os pés daqueles que querendo ou não, carregam o país nas costas, com seu suor e trabalho.

Espero que o mote continue,
A esperança venceu o medo e a verdade vença a mentira.