domingo, 15 de agosto de 2010

Antes só

Solteiro, você que nunca liga no dia seguinte pra “não começar compromisso”, e que sai com mais de 4 por semana, comemore! Sim, hoje é o seu dia, que por sinal é meu também. Tudo bem, eu sei que ter alguém pra esquentar o travesseiro, que ligue todos os dias pra saber se estamos vivos e sempre ter com quem passar uma noite chuvosa em casa, assistindo filminho, tudo isso é muito bom, claro, as pessoas precisam sim umas das outras e isso é fato. Agora, convenhamos que a solteirice tem lá suas – muitas – vantagens. Ligar todo dia, tudo bem, agora ligar o dia todo é insuportável.

Vamos lá, tentar listar o que o solteiro pode fazer, enquanto o algemado não. Primeiro, um solteiro tem total liberdade sobre os seus atos, sobre com quem fala, o que come e pra onde vai ou deixa de ir, e isso pode evitar grandes problemas. Tenta se casar e depois chegar lá pelas duas – eu disse DUAS – da manhã sem ter avisado antes? Por mais que as chances sejam mesmo remotas, ela nunca vai acreditar que você foi tomar apensa um chopinho com a galera do escritório. Segundo, o solteiro nunca vai sentir a cabeça pesada. Então, meu caro, se você não tem ninguém pra te deixar acordado esperando chegar da balada com as amigas, durma tranqüilo. Terceiro, esqueça Dia dos Namorados, Páscoa, aniversários da sogra e qualquer outro evento que te obrigue a gastar muita grana. É, qualquer compromisso exige um preparo financeiro forte. Psicológico idem.

Nada de aturar crises de TPM, muito menos as temidas DR’s, nada disso. Somos livres e desimpedidos, podemos fazer o que quisermos, sair e pegar geral... Podemos? A condição de solteiros não nos dá o direito de fazer tudo o que der na nossa telha, a não ser que a outra pessoa tope. Não é porque nós podemos ficar com 25 em uma noite que iremos ficar com 25, basta que todas elas deixem, nada de forçar nem de submeter ninguém a fazer algo que não tenha vontade, solteirice não quer dizer falta de responsabilidade. Aliás, é justamente por isso que muitos por aí nunca deixam de ser solteiros, acabam se enrolando com várias ao mesmo tempo e acabam sozinhos. Mas sozinhos mesmo. Esse é o preço por não assumir um compromisso.

Compromisso, só de ouvir dói em muitos ouvidos, muitos encaram como um atestado de óbito. Não é bem assim, é claro que a vida a dois é bastante diferente, mas pode ser proveitosa sim. Mas como o dia hoje é dos solteiros, o bom mesmo é estar solteiro, sem amarras, sem benditos compromissos, livre pra voar – e ciscar – por aí. E, que sugestivo, justamente num fim de semana, perfeito pra se comemorar a liberdade, e sempre acabamos encontrando quem queira comemorar com a gente. Sim, o dia dos solteiros não foi feito pra se passar sozinho, senão uma frase, o lema de nove entre dez solteiros não faria sentido nenhum: solteiro sim, sozinho nunca!

Nenhum comentário: