quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Passagens

Passou. E passou rápido. 2009 foi um ano de passagens. Pessoas passaram, eu passei. Passei a ser olhado com outros olhos, passei a ser alguém na sociedade. Universidade! Uma palavra que muda uma vida. Papai e mamãe puseram a vitrola pra tocar e soltaram foguetes. Bastaram 7 dias pra que 2009 se tornasse o ano mais mais de todos. Se 2008 já tinha sido diferente...
Passagens. De grau, de níveis, de rotinas. Decisões necessárias, mesmo que sacrificantes. 6 dos 7 dias da semana ocupados (diretamente) não é fácil não! Mas, pra um ano que sugeria inovações, não faltaram mudanças. Um ano em duas partes. Na primeira, novidade! Sabe uma criancinha que vai ao parque pela primeira vez, ou o pobre que vai ao Boulevard pela primeira vez? Deslumbramento. O novo faz isso com as pessoas. Aliás, muitas pessoas. Novas pessoas. Algumas que passaram, outras viraram amizades que não passam. Forrozeiros, estudiosos, super-sinceros, algumas bênçãos, outras figuraças. Ronaldos, Romários e cia. Cada uma do seu jeito, com seus jeitos. Sem esquecer, claro, dos velhos e bons amigos. Recordar é viver! E elas, ah, elas. Muitas passaram, algumas ficaram. E ficaram mesmo. E, diga-se de passagem, o nível foi bem high! Só o creme da goiaba com Ice. Falando em Ice... Férias! Boas férias, um verão daqueles. Não só pelas Ices, mas também pelas companhias. Gente muito boa, que fez as férias valerem muito a pena. Mas o que é bom passa rápido, e já estamos na segunda parte. Responsabilidade.
De novo aquela história, aquela vida de vestibulando. Meio diferente, é verdade, mas as emoções continuam sendo fortes. Intensivão, lugar de corajosos ou safos. Prefiro me encaixar no grupo dos corajosos. Vale a pena ver de novo. Tudo novo de novo. As fórmulas que achei que tinham passado...voltaram. Pitágoras, Bernoulli, Coulomb. Tudo por um sonho. Tudo pra passar de novo. Ah,”meu bem, meu bem”, esses últimos meses estão passando muito devagar. Eu, mais um “francisco”, esperando mais, estudando mais, sofrendo mais. Por tudo isso, meus sábados mudaram. Que diferente! Depois de 5 semestres, horário novo, pessoas novas, e o final? Bem, alguma coisa tinha que ficar do mesmo jeito, né?!
Nesse ano que passou, passei passeando pelas bandas do Tapajós. Santarém marcou. Doze anos de espera pra uma viagem show de bola. Encontros e reencontros que ficaram na história. A família unida. E que família! Salve as Santarenas! Já em ruas belenenses, Círio de Nazaré. Viva! Uma bela jornada. A Santa passou, graças ficaram. E foram muitas.
Meu time não ganhou nada, o que foi bastante estranho. Mas, se não fosse assim, perderia a graça. (Sinceramente, a vida sem graça não me faria mal, nesse caso). Aliás, foi bom torcer esse ano! Alegrias imensas, medos maiores, esperanças sem medida. Somos – acredite se quiser – um país olímpico. Quem diria! Quem diria que a famigerada e arrasadora Crise passaria por aqui...e sobreviveríamos. Sobrevivemos. A Crise passou, ventos e tornados também. Fim dos tempos? Não. Ainda não chegamos em 2012. Ainda! Ainda houve pessoas que passaram pra um lugar bem melhor, talvez a lua. Talvez para "andar na lua"! O verdadeiro lugar de quem sempre fez isso aqui embaixo, com maestria e unicidade. Unicidade digna de um Rei.
Uma bola com a galera, dias de pobreza no ‘Bulevardi’, pizzas, ver a Tuna no Souza. Dias que não tem preço. Programas tão pequenos, mas tão importantes.
Mas, entre Vanusas e Sarneys, porres e festas, erros e acertos, salvaram-se todos. Pelo menos aqueles que conseguiram se afastar de quem espirrava. Um ano passou. Uma década passou. E agora? Agora é só esperar! 2010, um ano que promete ser nosso. Um ano que promete ser 2010.
E valeu, 2009! Um ano que passou...e marcou!

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

"Então é Natal..."

Compras, pedidos, presentes, shoppings lotados, consumismo puro, lucros, lucros, lucros. Sim, é Natal! Ou será que você ainda é do tempo em que Natal simbolizava o momento mágico e abençoado do nascimento de Jesus Cristo, o Salvador? Acho difícil, até porque a Coca-Cola já beira os 130 anos e, pra quem (ainda) não sabe, o nosso tão estimado velhinho de barba branca e gorro vermelho é cria da indústria norte-americana. Que as criancinhas não leiam isso. Pra elas é confortante saber que ainda há alguem capaz de fazer o bem nesse mundo. Inocentes. Salve a inocência!
Nessa semana é hora de fazer um balanço do que fizemos nesse ano, pra ver se fomos bons meninos e meninas, se nos comportamos bem, se merecemos ou não um belo presente. Com toda a certeza muita gente não merece. E anda não merecendo há algum tempo. Outros já tem (meio$ pra comprar) presentes de sobra - qualquer referência a Arruda, Sarney e/ou similares não é mera coincidência. Há aqueles que já ganharam seus presentes com alguma antecedência - flamenguistas e corintianos, por exemplo - e os que pedem pra que o Natal do ano que vem seja um pouco melhor - bom, pros torcedores do Coritiba nenhum natal pode ser pior que este. Mas ainda existem aqueles que, em um país olímpico, sede de Copa do Mundo, uma das 10 maiores economias do planeta (em tempos de crise, diga-se de passagem), não pedem nada mais do que segurança pra voltar pra casa, um trânsito decente ou um prato de comida. Eita Brasilzão das diferenças!
Enfim, que esses dias carregados de simbolismo e clichês nos faça, de verdade, pensar se fizemos tudo aquilo necessário pra merecer bons presentes do Noel. E que nos esforcemos pra merecê-los no ano que vem.

Boa ceia - ao som de Simone e Ivan Lins, claro (Natal que é Natal tem que ter Simone, pô).

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Comporte-se!

Nossa sociedade está doente! E sabe aquela febre chata, que não te derruba mas não te larga? Pois é, acho que a febre chata da sociedade é a falta daquilo que qualquer sociedade precisa pra viver em paz: RESPEITO! Som alto, toalha molhada em cima da cama, as regalias dos políticos bancadas pelo trabalhador, a tampa molhada da privada, roubar o controle remoto. Pequenas ou grandes coisas que incomodam bastante e que poderiam, pelo menos algumas, ser evitadas! Seria tão melhor...
O simples fato de lavar o prato sujo, ou jogar o papel de bala na lata de lixo fazem um bem danado às pessoas. Um por favor ou um obrigado melhoram o dia de qualquer um! Vizinho feliz é vizinho amigo, pra quê colocar um som tão alto? Pra comprar briga? Ser pacifista não é ser froxo, é ser inteligente. Uma briga hoje só traz desconfianças futuras, nada de lucrativo pra ambos os lados. E o respeito que vai é o mesmo respeito que volta, pode ter certeza. Ter cuidado com o livro emprestado do amigo é ter a certeza de que um dia ele vai fazer o mesmo com você. Respeito a casa dos outros também é fundamental. Uma boa visita sempre se multiplica em várias outras, solidificando uma grande amizade as vezes. Nada de andar calçado nem abusar dos ambientes. Modos, por favor!
Já os políticos... é um pouco mais difícil de pedir respeito. Pelo menos o que a gente merece, né? Os jornais mostram todos os dias mostras de puro desrespeito ao cidadão. Prefeito cobrando propina, deputados, senadores esbanjando luxo e riquezas pagas pelo contribuinte, empresas descumprindo prazos, obras atrasadas, falta de acessibilidade aos deficientes, falta de infraestrutura. Violência, falta de iluminação pública e coleta de lixo são sintomas da febre chata urbana que nos incomoda tanto.
Bom, os pobres mortais também podem desrespeitar certas leis. As morais, por exemplo, estão meio abaladas com tantos ataques. Ou será que produzir vídeos de putaria de sacanagem pesados, digamos, são normais e nada ofensivos? Que caminhamos pra esse estado, não se pode negar... E a pobreza humana espremida até a última gota nos programas de tv, o chamado sensacionalismo, os famosos-por-nada - ex-bbb's, ex-fazendeiros, ex-ex... - não deixam de ser um desrespeito aos nossos olhos. Fãs de realities, perdão.
E sabe o que pode confortar essa sociedade febril? É o fato de que só depende de nós nos tornarmos seres respeitosos. Judeus e Palestinos, Capitalistas e a natureza, remistas e bicolores, petistas e tucanos. Nós todos podemos ser a Aspirina dessa dor. Tá, é romântico demais pensar em uma sociedade perfeita, mas... cá entre nós... nada que não possamos melhorar pra tentar amenizar essa doença! É simples, é só RESPEITAR o outro! Funciona!



Ah, e quando sair, por favor... fecha a porta!

.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Preparar! Apontar! ...

Eis que chega Novembro, o mês decisivo pros vestibulandos. É agora que os candidatos entram de vez no clima de vestibular. Jovens (e alguns adultos) sem mais unhas pra roer, sem outro assunto pra falar, sem outra coisa pra pensar. A vida se resume naquelas dez malditasletrinhas. É a temida, porém inevitável T.P.V. Para outros, é agora que a ficha cai pra valer (ou pelo menos deveria cair). A prova tá na porta!
Começam a rolar as provas das n faculdades que existem entre nós, a expectativa de resultados, as festas de aprovações alheias...que sempre parecem ser as nossas. Escolas, cursinhos, revisões! Tudo fica mais intenso, mais a flor da pele, mais real. E esse novembro é mais especial ainda pros candidatos. As duas principais universidades iniciam seus processos seletivos. Em vinte dias a cidade vai parar pra ver um mar de pequenos grandes sofredores, guerreiros em busca de um lugar ao sol, que deveria ser de todos nós por direito. E a aflição dos pais, sofrendo com seus filhos como se fossem eles a estar na sala de aula, diante de folhas de papel, mas que são encaradas pela maioria esmagadora como um leão faminto e voraz, que deve ser domado! Não deixa de ser tão assustador quanto.
Ser vestibulando não é fácil! Por mais que sua família tente te deixar relaxado, você sabe que todos na sua casa estão esperando com muita certeza a sua festa de aprovação. Seus amigos só falam disso com você, sua vida se resume a livros e apostilas. Você chega ao cúmulo de colar equações, teoremas, regrinhas, na parede do seu quarto. Literalmente tomam conta dos seus sonhos, o único território livre do ser humano. O vestibulando se torna a pessoa mais inconstante do mundo. Fica chata, irritante, irritável facilmente, qualquer coisinha lhe tira do sério. Namoros terminam, amizades até ficam abaladas, brigas bobas, loucuras. Enfim, nada previsíveis.
Mas a recompensa, ah, a recompensa é sensacional! Nã há nada melhor que comemorar uma conquista sua, pessoal. Uma aprovação no vestibular é, sem dúvida, a festa mais comemorada da vida de uma pessoa! Ver que tudo, aquela T.P.V., a inconstância, a loucura, o isolamento, tudo valeu a pena! Afinal, queremos o pote de ouro, né não? Então, é só atravessar o arco-íris. E é bom aproveitar a chance, não há lugar pra todos.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Músicas Pra Pensar IV - Círio Outra Vez (Pe. Fabio de Melo)

"Quando a vida faz nascer o mês de outubro
Eu descubro uma graça bem maior
Que me faz voltar no tempo e ser menino
E ao som do sino ver a vida amanhecer

Ver o povo em procissão tomando as ruas
Anunciando que é Círio outra vez
Que a Rainha da Amazônia vem chegando
Vem navegando pelas ruas de Belém

Corda que avança, o corpo cansa
Só pra alma descansar
É o meu olhar chorando ao ver o teu olhar em mim
Tão pequenina na Berlinda segues a recolher
Flores e amores que o teu povo quer te dar

Ó Virgem Santa, teu povo canta
Senhora de Nazaré!
Tu és Rainha e tens no manto as cores do açaí
Soberana e tão humana tão mulher
Tão mãe de Deus
Nossa raça, nosso sangue
Descendência que acolheu
O mistério encarnado continuas revelando
E por isso hoje é Círio outra vez."

E a vida fez nascer, de novo, o mês de outubro! É CÍRIO outra vez! Feliz Círio!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Voo cego

A TAM Linhas Aéreas s.a., no último dia 23 de setembro, cometeu uma imensa grosseria. A TAM vetou um vídeo, produzido pelo Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, com apoio do Governo do Estado, sobre o maior evento do calendário dos paraenses, o Círio de Nazaré, que por contrato – no valor de R$ 136 mil – deveria ser exibido nas aeronaves da companhia durante o mês de outubro. O motivo: o vídeo continha, segundo a empresa, forte teor religioso.
O Círio não é somente um evento religioso. Trata-se de uma questão, acima de tudo, CULTURAL. A empresa TAM, ao praticar este ato de violência cultural, ofende todo um povo devoto, que respeita e homenageia Nossa Senhora de Nazaré. Com isso, fica clara a postura ignorante da companhia, revelando um desconhecimento – até mesmo um certo desprezo – da importância que o Círio possui para o povo paraense. O Círio de Nazaré, desde 2003, é considerado PATRIMÔNIO CULTURAL IMATERIAL do Brasil, pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). A TAM desprezou um Patrimônio Nacional. Pura falta de respeito e de informação.
Em reportagem vinculada no jornal O Liberal de 4 de outubro de 2009, a TAM tentou amenizar o caso: “Respeitamos todas as religiões, mas preferimos adotar uma postura neutra sobre o tema, uma vez que transportamos passageiros de diversas origens e crenças.” E qual seria o prejuízo de mostrar um símbolo da nossa cultura a pessoas de diferentes crenças? Exaltamos o Círio como manifestação cultural de Belém do Pará, assim como a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim representa Salvador, assim como o Cristo Redentor simboliza o Rio de Janeiro. Sim, ainda existe o velho e imbecil preconceito dos sulistas em relação a nós, amazônidas!
Somente quem vive o Segundo Domingo de Outubro em Belém pode descrever a força e a importância daquele momento. Desde setembro já se sente o clima da Festa pela cidade. Gastronomia, cultura, música, dança, turismo – que, por sinal, enriquece a própria TAM. Muito além do “forte apelo religioso” alegado pela companhia. Os dias que antecedem as procissões, a Romaria Fluvial, a Trasladação, o domingo do Círio. Como o domingo do Círio é mágico! Dois milhões de pessoas, mais do que a população total da cidade, se unem, milhares desses em uma corda, puxando com o máximo de suas forças uma berlinda, levando uma imagem de madeira, cerca de trinta centímetros, de um canto a outro da cidade, sob um sol tipicamente equatorial. Ali, por alguns momentos, desaparecem todas as estratificações. Não existem pobres ou ricos, negros ou brancos, homens ou mulheres. Ali, todos são o povo. Naquele esforço, naquela multidão, se materializa o mais humano dos sentimentos: a solidariedade. Pessoas que nunca se viram – e que talvez nunca mais se vejam -, por um momento, viram irmãs, unidas pela emoção, unidas pelo sofrimento. Unidas pela FÉ. E foi isto que a TAM vetou.
Porém somos maiores, somos mais fortes que qualquer empresa. Tal desrespeito não irá, de maneira alguma, abalar a nossa devoção, a nossa fé. Não diminuirá em nada a importância do Círio em nossas vidas. Muito pelo contrário. Servirá como estímulo extra para mostrarmos, cada vez mais, ao Brasil e ao mundo, o que o Círio de Nazaré é capaz de proporcionar a quem o vive.

Feliz Círio.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Sim, nós podemos!

Hoje, 2 de outubro de 2009, o mundo viu, de verdade, o Brasil como gente grande! Hoje, mostramos ao planeta que somos capazes SIM de realizar um evento de grandiosidade única como os Jogos Olímpicos. Hoje, demos o maior dos nossos passos na direção do respeito e da admiração plena da comunidade mundial. Hoje, definitivamente, nos colocamos entre os melhores!
O Rio de Janeiro vai receber, de braços abertos, centenas de milhares de pessoas, de vários planetas, de várias etnias,de várias crenças. Nada do que o nosso país já não ofereça. Atletas, jornalistas, autoridades internacionais, turistas. Os olhos dos 5 continentes se voltarão para cá daqui a sete anos. Sete anos de muito trabalho, de muitas mudanças e, espermos, de transparência. O legado que os Jogos deixarão à cidade será imenso e deverá ser preservado e usufruido por toda aquela gente que lutou com tanta paixão para trazer essa vitória.
As Olimpíadas serão no Rio, mas não são somente do Rio. Todos nós, os quase 200 milhões de corações aflitos e esperançosos, vibramos, lutamos. Vencemos. Vencemos as barreiras, os preconceitos e até mesmo os nossos própios medos. Será que somos capazes? Sim, hoje sabemos que sim! Mais o que isso. Toda a comunidade sulamericana venceu. Finalmente perceberam que fronteiras deveriam ser abertas. Outro exemplo está há poucos meses de se concretizar. Em 2010, a Copa Do Mundo desbravará terras africanas pela primeira vez. Assim como nós agora. Viva o esporte!
Pan em 2007, Copa do Mundo em 14, e agora as Olimpíadas de 2016. Em apenas nove anos, 3 grandes conquistas. Entramos na rota esportiva global, e com isso atingimos o grau máximo de confiança e respeito do mundo. Muitíssimo merecidamente, diga-se de passagem. Vencemos concorrentes grandes, fortes e bem apoiadas. Tóquio, Chicago, Madri. Vencemos na paixão, vencemos na emoção. Vencemos no coração.
Estamos no G-10 das economias mundiais, somos influência continental ( e, por que não dizer, global) estamos nos superando dos abalos da crise, somos confiáveis, somos fortes, somos grandes. E hoje ninguém mais duvida disso. Chegou a nossa hora!

Hoje, 2 de outubro de 2009, o Brasil provou ao mundo que é um gigante. Gigante pela própria natureza.

sábado, 19 de setembro de 2009

Digite uma Mensagem "Pessoal"




Olha, meus caros. Se existe uma frase que pode fazer aflorar a criatividade - ou a falta dela- de uma pessoa, essa frase é: Digite uma mensagem pessoal.Amigos, vocês que estão lendo isso agora, com toda a certeza, estão com seu MSN aberto, ou o Orkut, pelo menos. Dá uma olhada e vê se não tem uma frase bonita, idiota, ou um verso de música num dos "Quem Sou Eu" desses!
Hoje nós nos comunicamos por meios cada vez mais sintéticos, a própria língua é prova dessa simplificação (Vossa mercê>vósmecê>Você>Vc>...). E somos capazes de encontrar frases feitas, muitas vezes clichês, que conseguem retratar nosso estado de espírito. Viva Cazuza, Nando,Renato e Cássia!!! As meninas são as mais privilegiadas, afinal em cada piscar de olhos aparece uma música melosa sobre uma relação amorosa, traição, saudade, etc. Ou você, garota, vai dizer que nunca recorreu à uma letra do Jota Quest ou do Skank. Falando em Skank...
Parece que temos um novo super-hiper-mega hit dos subnicks pelo Brasil. Pare e conte quantos amigos seus colocaram uma frase do tipo "E quando eu estiver louco, subitamente se afaste", "E quando estiver triste, simplesmente me abrace" ou similar no MSN ou no Orkut. Contou? Nada de sutil, concorda?
Tem uma galera que prefer umas músicas mais cabeça, estilo Legião - e aqueles que acham que vão ganhar crédito com os amigos por colocar uma música de respeito também é grande! Quem nunca usou um trecho de Pais e Filhos?Eu, pelo menos já. "É preciso amaaar...". Ana Carolina também está no top das escolhas musicais. Letras mais profundas, subnick mais bonito. E as estrangeiras, então? O status de um "Quem sou eu" em inglês é muito forte. Mesmo que você não entenda, a internet (ou um amigo que saiba o básico de outra língua) ajuda a traduzir os versos. Todos nós já fizemos isso um dia. Nem adianta negar!
Agora, há as pessoas mais metidas intelectualizadas (???) que sempre resolvem apostar nas frases de gente famosa! "Só sei que nada sei", "Penso, logo existo", "Quem sabe faz ao vivo", poemas de Machado de Assis, loucuras de Raul, pensamentos do Einstein(Eu mesmo uso uma do Einstein no Orkut, bem conveniente a minha vida agora, por sinal). Também se encaixam nessa categoria trechos de livros ou falas de super-heróis. Juro que já vi um "Eu tenho a força!!!" por aí! Juro.
E pra terminar, aqueles que não conseguem fugir dos tão temidos clichês. Piadas velhas, provérbios batidos, e as terríveis frases de amor. Não tem coisa mais frustrante do que encontrar um profile de Orkut com um "Se amar é viver, vivo por que amo você!". Argh!!! Dói de tão ruim. Gente apaixonada. Ô povo besta! Ok, já fui um deles e me perdoem vocês que estão amando, mas...convenhamos que quase sempre os MSN apaixonados são recheados de frases prontas, uma mais melosa que a outra. "Se entre duas pedras pode nascer uma flor, porque entre dois amigos nãm pode nascer um amor?" , "O amor é feito uma planta. Você planta e ele cresce." ¬¬
tamanha a importãncia desse novo meio de comunicação instantânea, joga no Google uma coisa do tipo "frases de msn". Meu amigo, o leque disponível é gigante. Isso sem falar nas n comunidades sobre o tema no Orkut. Afinal, na vida, assim com na TV "Nada se cria, tudo se copia."    Olha, ta aí uma boa sugestão!!!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

"Garotos nunca dizem não"



Dizem que a mulher é o tal do "sexo frágil"! Coitado do gala seca Zé mané que disse uma asneira dessas! Verdade! Quem disse isso deve ser, no mínimo, um machista dos tempos militares, que ainda acha que as mulheres são o rodapé da sociedade.
Vem cá!, quem nunca se convenceu que estava errado ao ver a namorada chorando e falando coisas do tipo "você não me ama mais" numa DR que atire o primeiro charuto! Agora, quem acha que pode usar o mesmo método pra fazer o que elas fazem! Pra quem acha que pode...vai morrer só "achando"! As mulheres tem um poder de sedução e persuasão anormais - Iara era umA SEREIA, nada por acaso. Basta contrariá-las, nem que seja por algo banal, mas nada que o jeitinho feminino não resolva. O que elas nao pedem chorando que não fazemos rindo?
É fatal! Nunca tente vencer uma mulher numa DR! É certeza de auto-degola. Nós, homens, o "sexo forte", com toda nossa pompa, nossa força, nossa segurança, desabamos como um castelo de cartas com uma simples lágrima (que as vezes vem acompanhada de um verdadeiro rio), um simples olhar de tristeza, um simples "tudo bem! eu vou ficar bem! juro!". Amigos, vocês devem saber mais do que eu que isso sempre funciona.
E na hora de pedir alguma coisa? Ah, amigo! Aí ninguém segura! Elas usam todo o arsenal de truques que sempre, eu disse SEMPRE colam. São os "NÃO's" mais difíceis da vida de qualquer macho, negar qualquer coisa para uma mulher te deixa mal, mesmo que tente se convencer piamente que não. A fortaleza começa a balançar!
Imagina só o que é cuidar de uma casa, de filhos rebeldes na flor da aborrescência, e ainda trabalhar (enfrentando ainda muitos preconceitos babacas)? Nenhum homem seria capaz de segurar esse pepino! E elas são! As verdadeiras heroínas do mundo. Salve Mulher-Maravilha!
E, querendo ou não, elas são as nossas estrelas (um mundo cheio de macho não seria nada legal. Nem um pouco. A visão do inferno!!!). São elas que nos fazem felizes, fazer o quê?! O que seria de nós sem a nossa verdadeira força?

Então, quem é o verdadeiro "sexo frágil", Zé mané???

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Músicas Pra Pensar III - Paciência (Lenine)

" Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
A vida não para
Enquanto o tempo acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora vou na valsa
A vida é tão rara
Enquanto todo mundo espera a cura do mal
E a loucura finge que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência

O mundo vai girando cada vez mais veloz
A gente espera do mundo e o mundo espera de nós

Um pouco mais de paciência
Será que é o tempo que lhe falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber

A vida é tão rara (Tão rara)
Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Mesmo quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para (a vida não para não)
Será que é tempo que me falta pra perceber
Será que temos esse tempo pra perder
E quem quer saber

A vida é tão rara (tão rara)
Mesmo quando tudo pede um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede um pouco mais de alma
Eu sei,a vida não para (a vida não para não... a vida
não para)."


A vida é rara. A vida não para. Paciência!

GRRRRR!!!




O despertador não funcionou, não teve tempo pro café, esqueceu de um trabalho a ser entregue naquele dia, um pombo cagou na tua camisa nova (e branca), o ônibus não parou pra você, e o que parou tinha mais gente que em feira na hora da xepa, e ainda por cima choveu? É, seu dia não foi muito bom não! Pra ser sincero, seu dia foi uma merda desgraça!!! E o desanimador é que amanhã pode ser pior! Murphy tinha razão!
Vivemos sempre esperando que o que tá ruim pode piorar. É característico de uma sociedade que convive com jornais recheados de sangue e dinheiro sujo. Por mais otimistas que sejam, as pessoas acham que a chuva de amanhã sempre vai ser pior que a de hoje. Mania de esperar o melhor, afinal, quando se é pessimista, o que vier de ruim já era esperado e, o que vier de bom é lucro. Engraçado!
O problema é que isso mal-acostuma o ser humano a ser negativo. Ok, mesmo sendo difícil, ainda há esperança. Pelo menos foi o que sobrou na maldita Caixa de Pandora!
Enfim, o estresse traz rugas, envelhece! Por pior que seja a situação, achar que ela vai piorar só dá margem pra que ela piore mesmo! Hoje teu dia pode ter sido uma bosta complicado, mas o sol nasce todos os dias, meu caro! Amanhã vai ser um bom dia pra você.



(Já depois de amanhã...eu não me responsabilizo!)

Bom dia!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Vai uma aí?



www.desencannes.com.br

Músicas Pra Pensar II - Amor Pra Recomeçar (Frejat)


"Eu te desejo não parar tão cedo
Pois toda idade tem prazer e medo
E com os que erram feio e bastante
Que você consiga ser tolerante
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom,
mas que rir de tudo é desespero

Desejo que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar  


Eu te desejo, muitos amigos
Mas que em um você possa confiar
E que tenha até inimigos
Pra você não deixar de duvidar
Quando você ficar triste
Que seja por um dia, e não o ano inteiro
E que você descubra que rir é bom,
mas que rir de tudo é desespero 


Desejo que você tenha quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar

Eu desejo que você ganhe dinheiro
Pois é preciso viver também
E que você diga a ele, pelo menos uma vez,
Quem é mesmo o dono de quem

Desejo que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor pra recomeçar
Pra recomeçar
Pra recomeçar."



Tolere. Entenda. Aproveite. Ame. Viva. Recomeçe!!!

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Músicas Pra Pensar I - Tempo Perdido(Legião Urbana)

"O que foi escondido é o que se escondeu,
E o que foi prometido,
Ninguém prometeu.
Nem foi tempo perdido;
Somos tão jovens,
tão jovens,
tão jovens."


É...ainda temos tempo!

domingo, 13 de setembro de 2009

Não chute a Bola! Seja feliz!


Ser feliz. Alguém tem a fórmula pra ser feliz? Existe fórmula pra ser feliz?
Talvez apareça algum abençoado que ouse dizer que sim. Ter dinheiro? Ser solteiro? Amar? Passar no vestibular? Usar um Nike? A felicidade é uma condição individual, portanto, inquestionável. Você nunca é (ou fica) feliz por pouco, pois pra você, o motivo (qualquer que seja) nunca é pequeno demais. Talvez seja pros outros, mas o referencial é você (pelo menos enquanto os tais outros não pagarem suas contas), então, dane-se. O resto é só resto.
A felicidade é tão boa quanto efêmera. Aquela história de que "tudo o que é bom dura pouco" é pura verdade! Por isso a intensidade inerente e OBRIGATÓRIA de se curtir ao máximo esses momentos de alegria. Curta enquanto seu time é o campeão, pois amanhã ele pode ser um rebaixado!
O grande problema é que nem todos sabem lidar com a felicidade. Como disse Mario Glaab, "Para muitas pessoas, a felicidade é semelhante a uma bola: querem-na de todo jeito e, quando a possuem, dão-lhe um chute". Ser feliz é raridade, em tempos como o nosso. Então, jogue tudo pro alto e aproveite o momento. Quando a chance aparecer, agarre! Curta enquanto seu time é lider do campeonato, curta seu Convênio, curta as garotas (e os rapazes) que te interessem - dica: namoro só depois dos 30 -, curta cada nota azul, cada festa com os amigos, cada filme, cada dia! SORRIA! As chances de você ser feliz são muito maiores. Um sorriso feliz pode mudar o dia de muita gente!


Enjoy!!!!!!

sábado, 22 de agosto de 2009

E você? Faz sua parte?


Hoje é dia do Criança Esperança, e me veio a idéia de falar sobre a palavra-chave dessa iniciativa: Solidariedade.
Vendo um dos vídeos promocionais da campanha (http://www.youtube.com/watch?v=T1ug2R9RqBs), constatamos a triste realidade de muitas crianças no nosso país. E o pior foi saber que, mesmo com toda a carga de realidade e sentimento trazida pelo filme, a reação de quem assiste é a mesma da mãe da menininha do carro. O chocante não nos choca mais!
O contraste gritante entre a inocência da menina, esperançosa com um futuro mais digno e igual, e a banalidade da reação da mãe, acostumada com este tipo de situação e, por consequência, acomodada em relação a tal, é a prova mais real da nossa incapacidade de mudar, nos transformar, de fazer alguma coisa. Ou será que você o ajudaria na mesma situação? Fácil dizer que sim, é bom, nos faz parecer íntegros e melhores. O difícil é se deparar com a cena na sua rua, no seu bairro, na sua cidade, e agir.
Hoje à noite, quem assistir ao show do CE, vai se encontrar, de novo, com as mesmas histórias, com os mesmos problemas, a mesma realidade de 10, 15, 20, 500 anos atrás. E mesmo assim a grande maioria vai agir com há 10, 15, 20 anos. Chorar, mas sem se mexer. Adianta?
Parando pra pensar, fazer doações não resolve nem um décimo dos problemas na nossa sociedade (papel do Governo, de fato, mas não exercido por falta de recursos - no mínimo irônico, já que temos um dos dez maiores PIB's do planeta - e de tempo - preferem gastar comendo pizza assistindo briga no Senado), mas nos faz dormir com a consciência tranquila, o que na nossa concepção egocêntrica e individualista já é mais que suficiente. Então, ajuda, mesmo sem ter certeza se esse dinheiro vai ou não pros tais projetos (dúvida pertinentíssima se tratando de Rede Globo). É um bom remédio pro ego e pra alguns dos (sortudos) beneficiados. E que cenas como as do vídeo voltem a nos chocar, pois acabar elas não vão. Os sociólogos românticos que me perdoem, mas, enquanto existir humanidade, haverá ignorância e falta de atitudes sérias que resolvam nossas patologias sociais. Mas ainda haverá outros românticos dispostos a fazer sua parte. Faça a sua.
Serviço:
0500 2009 007 - R$7
0500 2009 015 - R$15
0500 2009 030 - R$30
globo.com/criancaesperanca

domingo, 17 de maio de 2009

"Ter um amigo! Na vida é tão bom ter amigo..."


"Tenho amigos para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que 'normalidade' é uma ilusão imbecil e estéril." (Oscar Wilde)





Amizade.Tava folheando uma Revista MTV que tava intocada no meu quarto e achei o texto Loucos e Santos, do Oscar Wilde, e resolvi, depois de sabe Deus quanto tempo, voltar aqui pra falar de amizade.Aquilo que muitos alimentam por alguém desde a infância, ou há 20 minutos. Aquele sentimento, aquela sensação, aquela certeza de poder dizer: " Pra ele(a) eu posso contar" ou "Nele(a) eu posso confiar", e assim vai. Quem não tem um amigão, daqueles que riem das tuas piadas sem graça nenhuma, e que choram contigo mesmo sabendo que o motivo do teu choro é uma tremenda besteira? É, pode ser o pai, a mãe, o(a) parceiro(a), o porteiro do teu prédio, a secretária da tua escola, o teu companheiro de bola ou de festa de pijama. O que importa é que sozinho ninguém vive. E que um amor pode sim acabar...já uma verdadeira amizade vai no bolso do paletó do dia do nosso enterro. É muito bom descobrir novas amizades. Isso nos faz acreditar que somos pessoas interessantes e com algum conteúdo. Mas aquelas que vem de berço, ah, os amigos de infância! Esses são pra vida toda! Aqueles que podem dizer que te conhecem desde que você nasceu (mesmo você tendo 10 anos apenas), e que sempre vão te zoar por aquela surra que você levou no Jardim 1!!! Amigos que criticam, amigos que elogiam, amigos que abrem nossos olhos, amigos que nos levam à fantasia. "Loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos".O que vale é poder dizer que vocês estiveram juntos nos momentos mais marcantes, bons ou ruins, das suas vidas! E que vocês já pagaram mico cantando aquelas musiquinhas de amigo, tipo: "Somos amigos, amigos do peito, amigos de uma veeez...", ou a do Roberto, ou até aquela música chaata ao cubo que é título do post! XD
Até outra hora!
o/

segunda-feira, 30 de março de 2009

Sessão Nostalgia

UNI02, pra sempre UNI02


Amigos, estou aqui pra postar aquela que foi a coisa mais primorosa que já saiu da minha cabeça doente!

Essa vai pra aqueles que fizeram meu 2008 ser show de bola! Valeu, galeraaa!!!





"É...o fim chegou!



Tanto que o Walter avisou, mas nem nos tocamos que um dia tudo isso acabaria mesmo! E dói! Dói saber que não mais acordaremos cedo pra ver todos aqueles que nos fizeram felizes nesses meses, dói saber que não teremos mais o convívio diário que nos fazia voltar no outro dia (mesmo sabendo que tinha aula do Ruy), e dói mais ainda saber que temos que por um ponto final em uma fase da vida que não volta!

Não foi apenas um ano letivo. Foi praticamente uma vida! Fizemos daquela cantina a nossa cozinha, do Mika a nossa sala de refeições, e da biblioteca a nossa sala de estudos (nem sempre de estudos, claro). Fomos felizes, aproveitamos cada momento, cada intervalo, cada degrau da arquibancada, cada aula do Alonso (pra dormir), cada conversa, cada retorno! E os dias de prova, então! Virávamos a aflição em forma de gente! Mas até isso vai deixar saudades!

Amigos? Muitos. E bons! Alguns estranhos, alguns sem-noção, outros CDF's, conquistadores. Todos inesquecíveis! Garotas? Idem! Aliás, sem elas o meu ano teria sido bem menos, digamos, emocionante!!!

Aprendemos com nossos mestres o quanto é bom ser jooovem como o Osias, como não bocejar em uma aula de História do Alves, que existem filmes que são "verdadeiras aulas de Geografia", e que como é doído, literalmente, aprender Botânica com o Melém!

As festas, os jogos, os vários strikes, a Aula do Abraço, a quadrilha maluca, o Baile, as broncas do Herculano. Tudo isso vai fazer falta. Tudo.

Esse ano que passou, essa fase que termina, foi vivida com muita verdade, com muita vontade, com muita intensidade! A recompensa? A recompensa, além de ver seu objetivo alcançado no vestibular, é ter a certeza de que tudo valeu a pena!

Saudade fica, sim. Mas com ela ficam as lembranças de um anto intenso, incrível, inesquecível. Lembranças de um ano Ideal."



Escrevi isso no dia 23 de Janeiro (último dia de aula), mas parece que foi ontem... Saudades!

domingo, 29 de março de 2009

"Grande calote"

A situação não tá boa, né mesmo?




Pois é, amigos! Vivemos em tempo de crise. Falências, juros, dólar subindo, recessão... a "marolinha" fez um belo estrago, Sr. Presidente! E pensar que esse problema todo começou quando o "Tio Sam" resolveu dar crédito a todos - pseudoigualdade social - na hora de comprarem suas casinhas. Só que os bancos não se deram o trabalho (óbvio) de pesquisar a vida financeira das pessoas, achando que uma suposta inadimplência seria suprida apenas comaltos juros. Preguiça que saiu muito cara!!! Sim, caros leitores! Essa crise que nos assola é, na verdade, resultado de um "grande calote"! Passaram a perna nos americanos, quem diria!!!

Chega a ser espantoso. As maiores empresas do planeta pedindo arrego ao Estado como uma criança corre pra cama dos pais com medo de pesadelo! Opa...isso cheira a Crise do Neoliberalismo! A volta da intervenção estatal pesada na economia com o intuito de salvá-la (ou somente protegê-la) faz nos lembrar daquele negócio chamado Keynesianismo (tirando aquela utopia do Wellfare State)! Benditas aulas de geografia!

Mas, se não podemos fugir da crise, vamos tentar superá-la! Sempre depois de crises nos reerguemos mais fortes, mais seguros e, principalmente, mais espertos. Afinal, nada como aprender com os erros dos outros! Palmas aos Estados Unidos da América!!!!! =P

sexta-feira, 6 de março de 2009

Matou o pai e casou com a mãe

"Com o tempo, conhecerás claramente toda a verdade, pois só o tempo revela o homem justo. O homem mau, esse podes conhecê-lo dentro de um dia apenas"
Sábias palavras de Creonte, cunhado de seu próprio sobrinho, Édipo. Aliás, essa é apenas uma das grandes falas da peça "Édipo Rei", de Sófocles! Drama e emoção na medida certa! Um daqueles livros que te prende e te deixa curioso a cada fim de página. Virou até novela desagradável para a tal da censura (vale a pena ver a Vera Fischer "pegável" antes de se drogar XD) Vai ler!!!

UEPA




Então! Essa é a minha galera agora! Vai pro álbum da Formatura!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Mais do mesmo

É! Passou! Toda aquela tensão pré-vestibular acabou! E, fala a verade, fica uma sensação de "e agora?", não fica? As noites mal dormidas, os feriados perdidos por causa de provas, aquelas caras de "pra quê diabos isso vai me servir?" nas aulas de física. Tudo isso virou passado, dando lugar àquela euforia, àquela ansiedade doida pra saber como é, de fato, a tão almejada Universidade. Mas bastam 2 ou 3 dias para isso se converter, em partes, em uma certa decepção!
Na boa, nós sempre fazemos pré-julgamentos sobre o que vem a ser a faculdade, e muitos deles viram fumaça logo na primeira semana! Será que saimos de uma escola...e viemos parar em outra? É normal!
Claro que isso não perdura toda a vida acadêmica. Se você faz um curso de sua vontade (SUA, e não a do papai e da mamãe), aos poucos voce vai gostando de tudo lá. Nós descobrimos muitas coisas, aprendemos muito também, mas é fato de que aquele novo ambiente não é muito diferente do que você viveu meses antes!
E quue fique claro que não quero denegrir a imagem das universidades, muito menos destruir as suas ilusões, pré-vestibulando. Faz bem imaginar a facul como sendo um céu de brigadeiro. Te instiga e inspira a buscar sua vaga. Apenas quero expressar aquilo que boa parte doa calouros sente ao desembarcar nesse mundo novo: "Isso é apenas mais do mesmo"! E que lutemos para que a primeira impressão não seja a que fique!

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Carnaval

Ah...como tá sendo o meu carnaval? Assim, ó :



















Pronto! Assim vai o meu "grande" carnaval! Legal, né? ¬¬'

Uélcãm!


Olha, encontrei um lugar melhor do que os "quem sou eu" do Orkut pra escrever qdo me der na telha! Até porque mudar o perfil toda semana é meio chato! Mas, sabe lá por quanto tempo eu vou usar isso aqui até eu largar de mão, mas, enquanto me der na telha eu vou colocando aqui o que vier na mesma telha! Pode aparecer coisas bonitas ou puras besteiras, vou logo avisando. E, além do mais, eu fiz esse blog pra me fazer escrever (vou precisar e muito) e pegar a manha pros trabalhos da facul!


Ah! Se tem algum cabeçudo que não entendeu o título desse post, tente ler WELCOME num Inglês razoável!!!
E se não souber o que diabos significa isso...para de ler isso e vai procurar aprender!!!